Jesus continua a curar. A curar os doentes e a salvar pessoas. A fazer desaparecer a lepra e a destruir as barreiras do egoísmo. Tudo para a maior glória de Deus. E a glória de Deus é o homem vivo: são e salvo, curado e salvado no Seu amor. Por isso, conscientes da nossa impureza, pedimos ao Senhor que nos limpe. Que nos purifique. Que o toque da Sua mão misericordiosa nos deixe limpos, para participar na Sua mesa.

Do nascer ao pôr do sol, Jesus encontra tempo para rezar na sinagoga e em lugares desertos, tempo para ensinar na sinagoga e pelo caminho, tempo para curar na casa de Simão e à porta da cidade. Reunidos hoje à Sua volta, é a nós que Jesus quer pregar, é a nós que Jesus quer curar. É connosco que Ele quer rezar. 

Jesus não é a Supernanny, a ama televisiva, ou a super-ama, que põe na linha os filhos malcriados e maldizentes, os teimosos e os hiperativos e que, ainda por cima, dá lições de parentalidade a pais desorientados! Jesus goza de grande autoridade, e até os espíritos impuros, os mais violentos e indomáveis, Lhe obedecem, sem precisar do estímulo de nenhum programa de televisão! 

A Palavra de Deus, neste domingo, liberta-nos do medo de ir ao encontro, de sair a anunciar o Evangelho de Deus, em territórios difíceis, em ambientes que nos são estranhos. Sob a mão poderosa de Deus, que nos liberta do medo e do pecado, nós queremos ser Um só no testemunho de Cristo. 

Que procurais? Onde moras? Concluída a caminhada do Advento à Epifania, seguimos agora por outro caminho, sempre movidos pelo amor de Deus, atraídos por Ele, em busca d’Ele, pelo pequeno caminho das grandes perguntas. 

Pág. 7 de 34
Top

A Paróquia Senhora da Hora utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência enquanto utilizador. Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização destes cookies. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apagá-los, veja a nossa Política de Privacidade Política de Cookies.

  Eu aceito o uso de cookies deste website.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk