Este é o domingo feliz em que somos chamados a viver a alegria do grande encontro com o amor misericordioso do Pai que nos oferece reconciliação e comunhão. Tomemos consciência de que o nosso êxodo, a nossa navegação quaresmal, só é possível porque Deus, com o Seu amor, nos acompanha com a Sua solicitude. A sua ternura paterna não violenta a nossa liberdade, antes a respeita. Mas não descansa enquanto não reconquistar o nosso afeto e nos recriar na dignidade de filhos muito amados, na alegria da Sua Mesa santa.

No cais da conversão, há um sério aviso à navegação: «Se não vos converterdes, morrereis todos» (Lc 13,5). A tempestade IDAI, em Moçambique, em resultado da emissão desproporcional de gases de efeito estufa, é um grito de Deus, no gemido da Criação, a dizer-nos: “ou mudais de rota ou morrereis todos”! Até a jovem baleia dada à costa, nas Filipinas, com 40 kg de plástico no estômago, parece trazer de volta a mensagem de Jonas: toda a Terra será destruída, “os homens e os animais, os bois e as ovelhas” (Jn 3,7.8), se o homem velho, dominador e devorador não se converter em nova criatura (2 Cor 5,7), se não aprender a viver como filho de Deus e como irmão. Estou decidido a mudar o meu estilo de vida e os meus hábitos de consumo, de modo a alegrar-me com pouco, com o mais simples, dando apreço às pequenas coisas da vida (cf. LS 222-223)? Ou mudamos já e agora ou morreremos todos! Não há um Planeta B!

Depois do cais de embarque (no 1.º dia) e do cais de partida (na 1.ª semana da Quaresma), hoje é o dia de subir ao miradouro, de respirar o ar fresco e puro da montanha, de contemplar as estrelas, de elevar os corações às alturas da Pátria celeste. Com Pedro, Tiago e João, queremos extasiar-nos perante a luz que irradia do rosto de Cristo, Crucificado e Ressuscitado. Entremos, sem medo, na espessura da nuvem, como outrora Jonas, no ventre do monstro marinho, e escutemos a Palavra do Filho, que o Pai nos oferece como aliança nova e eterna.

40 dias para chegar a bom porto: Cristo, porto da misericórdia e da paz”. Este é o lema da nossa caminhada diocesana da Quaresma. Inspira-nos o profeta Jonas, essa figura paradigmática do apelo à conversão.O itinerário quaresmal encontra, nos 40 dias de penitência pregados por Jonas (Jn 3,4), um especial significado de urgência de salvação, de necessidade imperiosa de arrepiar caminho, para salvar o ser humano e a criação. Mas, no princípio, no centro e na meta deste caminho, está Cristo, que é mais do que Jonas (cf. Mt 12,41)! Com Cristo, o verdadeiro Homem do leme, disponhamo-nos a percorrer o caminho da Quaresma à Páscoa, como uma viagem de quarenta dias (Jn 3,4), que nos leva, de cais em cais, num caminho de saída e com saída, ao encontro reconciliador e renovador com “Cristo, porto da misericórdia e da paz” (Prefácio da Quaresma VI).

"40 dias para chegar a bom porto: Cristo, porto da misericórdia e da Paz”. Este é o lema da nossa caminhada diocesana da Quaresma. Inspira-nos, nesta caminhada de 40 dias, o profeta Jonas, figura paradigmática do apelo à conversão pessoal e missionária.O itinerário quaresmal encontra naqueles 40 dias de penitência pregados por Jonas (Jn 3,4), um especial significado de urgência de salvação, de necessidade imperiosa de arrepiar caminho, para fazer chegar a todos a alegria do Evangelho. Mas, no princípio, no centro e na meta deste caminho, está Cristo, morto e ressuscitado. “Aqui está quem é mais do que Jonas” (Mt 12,41)! Com Cristo, o Homem do leme, disponhamo-nos a percorrer o caminho da Quaresma à Páscoa, como uma viagem de quarenta dias (Jn 3,4), que nos leva, de cais em cais, num caminho de saída e com saída, ao encontro reconciliador e renovador com “Cristo, porto da misericórdia e da paz” (Prefácio da Quaresma VI).  Entremos, hoje, no cais de embarque, aproveitando o tempo favorável, para a penitência e para a misericórdia.

Pág. 5 de 47
Top

A Paróquia Senhora da Hora utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência enquanto utilizador. Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização destes cookies. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apagá-los, veja a nossa Política de Privacidade Política de Cookies.

  Eu aceito o uso de cookies deste website.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk