Equipa de Informática

Equipa de Informática 2019/2020

CHEGAR PERTO PARA CHEGAR LONGE

 

“Por este motivo, insistamos no acolhimento simpático de quem nos bate à porta, num estilo amável, afável e acolhedor – as pessoas melindram-se com pouco! –, apostemos em equipas laicais que realizem um primeiro contacto com os mais «afastados» e até se responsabilizem pela sua iniciação cristã” (PDP 2019|2020, Pórtico, n.º4, p.11).

 

Os velhos canais de comunicação precisam de ser substituídos por novas redes de ligação e de comunhão entre pessoas e famílias, no seio da comunidade, nomeadamente através das novas tecnologias. Por isso, formamos uma Equipa de Informática, que cruze os dados fornecidos pelo programa “A Paróquia” de modo a identificarmos, num mapa, onde residem os pais com crianças da catequese e os agentes pastorais, para depois os mobilizar para sinalizar a presença da Igreja no seu lugar. A Equipa de Informática está a estudar uma aplicação para este trabalho. Quando estiver concluída, deverão identificar-se as zonas “cobertas” pela presença de paroquianos comprometidos com a vida paroquial, de modo a estabelecerem-se contactos para o convite a formar a Rede de Mediadores. As zonas “descobertas” deverão ser alvo de especial atenção.

 

Na verdade, uma das insistências da última visita pastoral do Bispo foi a da necessária criação de uma rede de colaboradores, de representantes, de delegados ou de porta-vozes da comunidade, nos diversos lugares, ruas, urbanizações e bairros da cidade, de forma que a presença e o contacto da paróquia com as famílias se torne mais ágil e eficaz. E assim a presença missionária e solidária da paróquia se consolide por toda a parte.

 

Podemos chamar aos colaboradores neste serviço missionário, mediadores e, com eles, formar uma rede paroquial de mediadores. Que fará o mediador? Fará chegar aí as boas notícias dos principais acontecimentos da vida da comunidade: horários das celebrações, programa da catequese, programa da Semana Santa, datas e locais para o Rosário na Cidade, programa das festas em honra de Nossa Senhora da hora e itinerário da procissão, divulgação de concertos, convite para convívios etc. Um outro serviço importante seria o de mobilizar os vizinhos residentes para a participação, ou pelo menos, para a orientação da visita pascal, na sua zona. Aos mediadores pedir-se-á ainda que identifiquemos sinais de pobreza,de doença ou de fragilidade, para que a Paróquia vá ao encontro de quem mais precisa.

 

Entre outras atividades, a Equipa cuidará de dar sugestões de melhoria no Programa “A Paróquia” e no site da nossa Paróquia. Deverá potenciar e alargar a subscrição da newsletter da paróquia e a sua qualidade gráfica. Sugere-se que, em janeiro, seja distribuída em papel uma ficha de família, para posterior registo informático. Esta Equipa deverá vir a alargar-se com o voluntariado juvenil e abrir-se à possibilidade de uma outra missão: a da comunicação multimédia.

 

Top

A Paróquia Senhora da Hora utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência enquanto utilizador. Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização destes cookies. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apagá-los, veja a nossa Política de Privacidade Política de Cookies.

  Eu aceito o uso de cookies deste website.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk