Para nós, o mandamento «não matarás» (Ex 20,13; Mt 5,21)não é para ser revogado; é para ser completado (cf. Mt 5,17)com aquele outro: «amarás a vida, cuidarás da vida: da tua e da do teu irmão; serás cuidador do teu irmão; aceitarás estar sob os cuidados do teu irmão». Portanto,perante o sofrimento, a solução não é avançar para medidas extremas como a eutanásia, mas favorecer práticas solidárias em vez de deixar correr a indiferença e o descarte.

Os dias que se aproximam são de duro combate.

Leiamos. Estudemos.

Informemo-nos sobre a gravidade do que está em jogo

e dêmos um contributo para um diálogo sereno e humanizador.

Em anexo, alguns ficheiros das Notas Pastorais

da Conferência Episcopal sobre a eutanásia

e outros subsídios pastorais (em atualização).

Diga-se o que se disser, a vida é a coisa mais bela.

Dêmos tudo por ela!

Foi hoje publicada a Exortação Apostólica

"Querida Amazónia", na sequência do Sínodo dos Bispos

realizado, em Roma, de 6 a 27 de outubro de 2019.

O Papa Francisco apresenta quatro sonhos para a Amazónia,

que, de algum modo, retomam outros sonhos já expressos

e que alarga perspetivas pastorais para a Igreja inteira.

Jesus olha para nós, aqui reunidos à Sua volta. E diz-nos quem somos e o que espera de nós! «Vós sois o sal da terra; vós sois a luz do mundo». Parece-nos um exagero! Mas Jesus acredita em nós. Mesmo pequenos e pobres, podemos transformar a Terra e iluminar o mundo! Chamados a ser sal da terra, reconhecemos que muitas vezes perdemos o gosto e a alegria de sermos cristãos. Chamados a ser luz do mundo, nós reconhecemos que muitas vezes esta luz não irradia, mas se esconde ou se apaga.

MIgrantes, vítimas do tráfico humano

Terça-feira, dia 11 de fevreiro,

a Igreja celebra o 28.º Dia Mundial do Doente.

Pároco celebra Eucaristia, no Hospital Cuf Porto

 (Capela – piso 6) às 11h00 da manhã.

Na Paróquia, o Dia é celebrado no Sábado seguinte,

dia 15 de fevereiro, com este programa:

Às 15h00, acolhimento dos doentes.

Às 16h00, Missa com Unção dos doentes.

Às 17h00, convívio com doentes.

Sobram-nos alguns dias de "folga" do Tempo Comum,

mas é preciso começar a preparar a Quaresma.

E já o fizemos, em alguns grupos.

Para breve, está o 28.º Dia Mundial do Doente,

mas há muito mais na agenda pastoral.

Consulte em anexo o nosso programa pastoral

até 1 de março, I Domingo da Quaresma.

A Luz do Natal cercou os Pastores naquela noite bendita e Maria e José apresentaram-n’O como Salvador. A Estrela guiou os Magos e Jesus foi-lhes apresentado, por Maria e José, como Luz de todos os povos. João deu testemunho da Luz e apresentou Jesus aos pecadores como o Cordeiro de Deus. Jesus apresentou-Se na Galileia dos gentios e então uma luz se levantou. Hoje, 40 dias depois do Natal, a Liturgia faz-nos regressar a outra apresentação: o foco de luz está no Menino, apresentado no Templo por Maria e José. Simeão, cheio do Espírito Santo, deixa-se iluminar pelo Menino, Luz para Se revelar às nações.

Pág. 1 de 37
Top

A Paróquia Senhora da Hora utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência enquanto utilizador. Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização destes cookies. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apagá-los, veja a nossa Política de Privacidade Política de Cookies.

  Eu aceito o uso de cookies deste website.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk