Cristo não pensa naquilo que tu és mas naquilo que poderás chegar a ser!
Destaque

“A Semana dos Seminários de 2019 tem um lema:

«Cristo não pensa apenas naquilo que tu és,

mas naquilo que poderás chegar a ser»  [Cristus vivit, n.º 289].

O Santo Padre propõe-nos uma atitude de esperança,

assente na convicção de que «Jesus caminha no meio

de nós como fazia na Galileia. 

Ele passa pelas nossas ruas,

detém-se e olha-nos sem pressa.

O seu chamamento é atrativo e fascinante» (CV, n.º 277). 

Semana Dos Seminários:
Para Que O Coração Da Diocese Irrigue Todo O Corpo Eclesial


É da tradição da Igreja dedicar específicos tempos a temáticas urgentes e inadiáveis: Dia Mundial da Paz, Dia das Missões, Semana da Vida, etc. Aliás, como, mais tarde, a sociedade civil veio a imitar. Mas um dos temas propostos há mais tempo e com maior intensidade é precisamente o dos Seminários. É que a Igreja sabe que eles constituem como que o coração que há de bombear o sangue que vivificará todo o corpo eclesial.

Sim, o sacerdócio comum dos fiéis será tanto mais valorizado, apreciado e exercitado quanto mais o ministerial viver para ele. Na prática, o sacerdócio ordenado é condição da promoção dos leigos e do seu sacerdócio comum. Engana-se quem vive de chavões e anda por aí a propalar que esta é a “hora dos leigos” e, como tal, se bastam a si mesmos e não precisam dos sacerdotes. A experiência demonstra que são precisamente os leigos mais esclarecidos e ativos quem mais reclama o ministério insubstituível dos padres.

Não existe oposição entre clero e laicado. Pelo contrário: um clero que não existisse para o serviço do povo de Deus nem tinha razão teológica de ser nem sequer sentiria identidade eclesial.

E, da parte dos leigos, sabemos bem que uma laicidade sem sacerdotes quase sempre se transforma em laicismo anti fé: sem um clero que saiba ocupar o seu lugar e dedicar-se de alma e coração à causa do povo de Deus, a laicidade que, por si, é sadia, facilmente decai no laicismo doentio e rançoso, quando não velhaco e opressor, como a realidade demonstra.

Na próxima Semana dos Seminários, que celebraremos de 10 a 17 de novembro, convido, cordialmente, todos os fiéis da Diocese do Porto a refletirem nisto e a empenharem-se, de alma e coração, na causa sacerdotal. A vários níveis: na dedicação e apreço pelos sacerdotes; na visita aos velhinhos e doentes, mormente na nossa Casa Sacerdotal; no despertar vocacional persistente e contínuo; na oração “ao Senhor da messe para que envie operários para a sua messe”; na ajuda económica significativa, até porque, brevemente, iremos iniciar obras muito volumosas em dois dos nossos Seminários; enfim, na divulgação afetiva desta causa e na simpatia por ela demonstrada.

Os cristãos do Porto sabem que precisam de Padres. Então, ajudem a formá-los no único lugar possível onde um jovem generoso se transforma num Pastor “com o cheiro das ovelhas”: o Seminário.

+ Manuel, Bispo do Porto
 

***

AGENDA PAROQUIAL E VICARIAL EM LINHA COM AS PROPOSTAS DE ORAÇÃO NA SEMANA DOS SEMINÁRIOS

  • 2.ª feira, às 16h00, na Igreja Antiga, Missa, seguida de Adoração ao Santíssimo.
  • Sábado, dia 16, às 21h00, em Leça da Palmeira, Vigília Vicarial de Oração pelos Seminários.
  • No Domingo, dia 17, às 17h30, na Igreja Paroquial, Adoração ao Santíssimo.
  • Ofertórios das missas de 16 e 17 são para os Seminários.

***

Em anexo, pode consultar a mensagem integral para esta semana dos Seminários, de Dom António Augusto Azevedo, Presidente da Comissão Episcopal das Vocações e Ministérios; o guião, os mistérios do Terço, a Vigília de Oração, as Preces para a oração universal (Domingos XXXII e XXXIII) e outros documentos.

 

 

Top

A Paróquia Senhora da Hora utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência enquanto utilizador. Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização destes cookies. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apagá-los, veja a nossa Política de Privacidade Política de Cookies.

  Eu aceito o uso de cookies deste website.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk