Tempo da criação
Destaque

De 1 de setembro a 4 de outubro,

os cristãos em todo o mundo unem-se

na ação e na oração pela criação.

É o “Tempo da Criação”,

celebrado em todas as partes do globo.

Remetemos para a página web da iniciativa Tempo da Criação

e da Rede Cuidar da Casa Comum,

para a Nota da Comissão Episcopal da

Pastoral Social e Mobilidade Humana

sobre o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação,

e deixámos o Convite dos líderes das várias confissões cristãs

à participação no Tempo da Criação.

 

Caros irmãos e irmãs em Cristo,

 

“Vou fazer uma aliança convosco e com vossa posteridade, assim como com todos os seres vivos que estão convosco... na terra” (Génesis 9, 9-10).

 

Nós somos parte de uma teia de vida maravilhosamente complexa e única, tecida pelas mãos de Deus. Todos os anos, de 1 de setembro a 4 de outubro, a família cristã celebra a boa dádiva da criação. Essa comemoração global teve início em 1989, com o reconhecimento do dia de oração pela criação por parte do Patriarcado Ecuménico de Constantinopla, sendo hoje adotada por toda a comunidade ecuménica.

Durante o Tempo da Criação, unimo-nos como uma só família em Cristo, celebrando os elos que partilhamos uns com os outros e com “todo os seres vivos da Terra” (Génesis 9, 10). A família cristã celebra o Tempo da Criação com oração, refletindo sobre como habitar a nossa casa comum de forma mais sustentável e fazendo ouvir sua voz na esfera pública.

Neste Tempo da Criação, oferecemos as nossas reflexões acerca da própria teia de vida, na esperança de que possamos gerar maior contemplação e respostas mais profundas entre nós, irmão e irmãs. Nós fazemo-lo em espírito ecuménico, reconhecendo que a criação foi entregue como dádiva a todos nós e que somos chamados a partilhar a responsabilidade de a proteger.

As Escrituras iniciam-se com a afirmação divina de que tudo na criação é “muito bom” e, como guardiões da criação de Deus, nós somos chamados a proteger e cultivar essa dádiva (Génesis 1, 28. 30; Jeremias 29, 5-7). Cada espécie e, de facto, toda a criação é preciosa, pois foi feita por Deus. Tudo reflete um aspeto de Deus. “Ó Senhor, quão variadas são as vossas obras! Todas feitas com sabedoria, a terra está cheia das coisas que criastes” (Salmo 104, 24).

É por isso que lamentamos o facto de as criaturas de Deus estarem a desaparecer da Terra num ritmo que mal podemos entender. De humildes insetos a majestosos mamíferos, de plânctones microscópicos a árvores imponentes, plantas e animais do domínio de Deus estão a extinguir-se, para nunca mais ser vistos novamente.

Essa devastação é, em si, uma trágica perda. Nós contemplamos essa perda e pedimos que ela tenha fim. Também oramos por justiça, pois os mais vulneráveis dentre nós são os que mais sofrem com o desfazer da teia de vida. A nossa fé pede-nos que respondamos a essa crise com a urgência da clareza moral.

Nós incentivamos toda a família cristã a juntar-se a nós neste momento especial de oração, reflexão e ousadia para preservarmos a criação em toda a sua complexidade e especificidade. Este ano, em especial, haverá oportunidade de unirmos as nossas vozes em ocasiões como o Congresso Mundial para Conservação da Natureza em junho, a Cimeira climática da ONU em setembro, o Sínodo da Amazónia em outubro, e a conferência da ONU por causa das mudanças climáticas em novembro.

Como canta o salmista: “Do Senhor é a terra e tudo o que ela contém, a órbita

terrestre e todos os que nela habitam” (Salmo 24, 1). Na esperança nascida da graça, oramos para que o Senhor, que é o nosso Criador, Sustentáculo e Redentor, toque os nossos corações e a família humana neste Tempo da Criação.

 

Na graça de Deus,

 

Membros do Comité Consultivo do Tempo da Criação:

Bispo Marc Andrus, Diocese Episcopal da Califórnia

Rev. Ed Brown, Cuidado da Criação e Catalisador de Lausanne para o Cuidado da Criação

Dr. Celia Deane-Drummond, Diretora, Instituto de Pesquisa Laudato Si’,

Campion Hall, Universidade de Oxford, Reino Unido

Monsenhor Bruno-Marie Duffé, Secretário, Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento

Humano Integral no Vaticano

Rev. Norm Habel, Projeto Tempo da Criação, Adelaide

Bispo Nick Holtam, Bispo de Salisbury, Presidente do Grupo de Trabalho Ambiental da Igreja da Inglaterra

Pe. Heikki Huttunen, Secretário Geral, Conferência das Igrejas Europeias

Dr. Hefin Jones, Comitê Executivo, Comunhão Mundial das Igrejas Reformadas

Serafim Kykotis, Arcebispo da Igreja Ortodoxa Grega em Zimbábue e Angola

Bispo Mark Macdonald, Bispo Anglicano de Nativos Indígenas, Igreja Anglicana do Canadá

Pe. Martin Michalíček, Secretário Geral, Conselho das Conferências Episcopais da Europa

Ms. Necta Montes, Secretária Geral, Federação Mundial de Alunos Cristãos

Irmã Patricia Murray, Secretária Executiva, União Internacional de Superioras Gerais

Dr. Alexandros K. Papaderos, Conselheiro do Patriarcado Ecuménico de Constantinopla

Dr. Paulo Ueti, Conselheiro Teológico e Diretor Regional da América Latina da Aliança Anglicana

Dr. Ruth Valerio, Diretora Global de Advocacia e Influência, Tearfund

Top

A Paróquia Senhora da Hora utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência enquanto utilizador. Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização destes cookies. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apagá-los, veja a nossa Política de Privacidade Política de Cookies.

  Eu aceito o uso de cookies deste website.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk