Intenção de oração do Papa Outubro 2020: mais mulheres na Igreja.
Destaque

Neste mês missionário, o Papa assinala que os leigos e leigas são os verdadeiros protagonistas do anúncio do Evangelho e pede que, especialmente as mulheres, participem das instâncias de responsabilidade na Igreja.

Na edição de outubro de O Vídeo do Papa, Francisco diz que é fundamental que as mulheres tenham uma presença mais relevante na Igreja, considerando que muitas vezes são colocadas de parte. O vídeo é produzido em colaboração com o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida e conta com a participação de altas funcionárias do Vaticano e jornalistas do Vatican News.

O Santo Padre sinalizou muitos gestos que promovem esta vontade de dar à Igreja um peso feminino maior. Em 2016, por exemplo, o dia de Santa Maria Madalena foi elevado à categoria de festa litúrgica, sendo a santa hoje definida no novo prefácio da Missa como “apóstola dos apóstolos”.

O Papa tomou essa decisão para demonstrar a importância desta mulher, a primeira a ver o rosto do Ressuscitado de entre os mortos, a primeira a quem Jesus chama pelo nome, a primeira a receber do próprio Jesus Cristo a missão de anunciar a sua Ressurreição.

Além disso, desde o início de seu pontificado, o Santo Padre tem nomeado cada vez mais mulheres para as instâncias de responsabilidade da Igreja.

Neste contexto, o padre Frédéric Fornos, sj, diretor internacional da Rede Mundial de Oração do Papa, recorda que, “desde 2013, muito foi feito, mas muito mais deve ser feito”. O sacerdote jesuíta lembra uma frase do Papa Francisco em 'A alegria do Evangelho': “As reivindicações dos legítimos direitos das mulheres, a partir da firme convicção de que homens e mulheres têm a mesma dignidade, colocam à Igreja questões profundas que a desafiam e não se podem iludir superficialmente (EG 104)”.

Em “Querida Amazónia”, Francisco sublinha que “muitas mulheres, impelidas pelo Espírito Santo, mantêm a Igreja de pé, em muitas partes do mundo, com admirável dedicação e fervorosa fé. É fundamental que participem cada vez mais em suas instâncias de decisão. Isso exige uma mudança profunda de mentalidade, exige a nossa conversão, que implica oração”, recorda ainda o P. Frédéric Fornos.

A Subsecretária para os Fiéis Leigos, Linda Ghisoni, analisou O Vídeo do Papa de outubro de 2020, dedicado à missão dos leigos na Igreja, e realça que o Santo Padre começa a falar sobre o batismo. “Isso é muito importante porque nos permite compreender que o desejo de ter uma maior participação dos leigos - e em particular das mulheres - nas instâncias de responsabilidade da Igreja não deve ser interpretado como se fosse uma operação sociológica ou para querer garantir maiores quotas para uma distribuição de poder entre mulheres e homens, entre leigos e clérigos. Portanto, não se trata de uma demanda de espaço para obtenção de cargos. Se, de fato, tomamos consciência do sentido do nosso batismo, compreendemos o nosso lugar na Igreja, que, para tal, não pode renunciar às contribuições específicas dos leigos, das mulheres, que por vocação são parte constitutiva dela".

Top

A Paróquia Senhora da Hora utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência enquanto utilizador. Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização destes cookies. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apagá-los, veja a nossa Política de Privacidade Política de Cookies.

  Eu aceito o uso de cookies deste website.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk