Intenção da Oração do Papa para fevereiro 2020
Destaque

MIgrantes, vítimas do tráfico humano

O Papa faz um apelo mundial para que se escute o grito das pessoas migrantes vítimas de tráfico. Este mês, através de O Vídeo do Papa,

 

Francisco chama a atenção para a situação de milhares de homens e mulheres migrantes que frequentemente são vítimas de tráfico humano.

Entre as causas que estão por detrás deste flagelo, o Papa Francisco assinala “a corrupção dos que estão dispostos a fazer qualquer coisa para enriquecer”. 

 

Segundo o Relatório Mundial sobre Tráfico de Pessoas 2018, apresentado em janeiro de 2019, em Viena, o número de vítimas de tráfico de seres humanos tem vindo a aumentar.

O documento analisa 24 mil casos documentados entre 2014 e 2016, tendo como base a informação disponibilizada por 142 países.

O Relatório refere que estes números são apenas “a ponta do iceberg”, já que muitas vítimas não são detetadas e nem todos os países contam com os mecanismos adequados para perseguir este crime.

A edição de fevereiro de “O Vídeo do Papa” foi produzida em colaboração com a Secção de Migrantes e Refugiados do Dicastério para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral,

responsável pelas Orientações Pastorais sobre o Tráfico de Pessoas, recurso disponível para a Igreja e para todos os que querem lutar conjuntamente contra o tráfico de pessoas.

As orientações terminam com um pedido urgente do Papa Francisco, expresso na Evangelii Gaudium:

“Sempre me angustiou a situação dos que são objeto das diversas formas de tráfico humano.

Gostava que se escutasse o grito de Deus perguntando-nos a todos: onde está o teu irmão? (Gn 4, 9). Onde está o teu irmão escravo […] Não nos façamos de distraídos. Há muita cumplicidade...A pergunta é para todos!”

 

O lançamento de "O Vídeo do Papa" enquadra-se também na Jornada Mundial de Oração e Reflexão Contra o Tráfico de Pessoas,

que se assinala sábado, dia 8 de fevereiro, promovida pela Talitha Kum, a Rede Internacional da Vida Consagrada contra o tráfico de pessoas.

Em união com o Papa e a sua Rede Mundial de Oração, este mês, contemple nas diferentes iniciativas da sua atividade pastoral a questão dos migrantes vítimas de tráfico,

rezando “para que o clamor dos irmãos migrantes vítimas do tráfico criminoso seja escutado e considerado”.

Top

A Paróquia Senhora da Hora utiliza cookies para lhe garantir a melhor experiência enquanto utilizador. Ao continuar a navegar no site, concorda com a utilização destes cookies. Para saber mais sobre os cookies que usamos e como apagá-los, veja a nossa Política de Privacidade Política de Cookies.

  Eu aceito o uso de cookies deste website.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk