Intenção de Oração do Papa Novembro 2017
Destaque

Este mês, em O Vídeo do Papa, realizado pela Rede Mundial de Oração do Papa, Francisco pede aos cristãos asiáticos para favorecerem o diálogo e a paz, destacando a importância de impulsionar a convivência e a compreensão mútua entre os cristãos da Ásia e os fiéis de outras religiões. “Neste continente onde a Igreja é uma minoria, o desafio é apaixonante”, afirma.

O seu pedido tem especial relevância num continente com mais de 141 milhões de católicos, nos seus 48 países, mas onde ainda há regiões em que viver publicamente o catolicismo pode supor riscos e perseguições.

“O que mais me impressiona na Ásia é a variedade das suas populações, herdeiras de antigas culturas, religiões e tradições. Devemos promover o diálogo entre religiões e culturas; é uma parte essencial da missão da Igreja na Ásia”, destaca o Santo Padre.

Os vídeos divulgados mensalmente através das plataformas de O Vídeo do Papa podem ser utilizados a título individual, mas também nos movimentos paroquiais, grupos de catequese, ou reuniões de pais, por exemplo. Todos são convidados a rezar pelas intenções e desafios propostos pelo Papa.

Por isso, temos um desafio para si: convidar um ou mais grupos a rezar pela intenção proposta pelo Santo Padre, neste caso pelos cristãos da Ásia. Deste modo, está a ajudar os cristãos a comprometerem-se com os seus irmãos asiáticos.

O padre Frédéric Fornos, sj, Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa e do Movimento Eucarístico Juvenil (MEJ) lembra que “já São João Paulo II tinha assinalado que a Ásia foi o continente onde Deus decidiu revelar e realizar o seu projeto de salvação; mas hoje apresenta-nos o desafio imenso de construir um presente e um futuro de dálogo e paz”. “Foi por isso que penso que o Papa decidiu que trabalharíamos sobre esta intenção e pediríamos por este grande continente, tão rico em culturas e tradições”, acrescenta.

Top
Usamos cookies para garantir uma melhor navegação no site. Ao continuar a utilizar este site, está a dar o seu consentimento. Mais detalhes…