Batismos

Caríssimos pais: Sede bem-vindos!

Obrigado por partilhardes connosco o dom de um (a) filho (a), na vossa bela família! Obrigado por terdes escolhido a Igreja Católica, como a “grande família”, onde verdadeiramente poderemos, juntos, viver de Cristo, com Cristo e por Cristo!

 

Esse dom de uma nova vida, no (a) vosso (a) filho (a), será agora celebrado e oferecido à Igreja, através do Batismo, que a todos mergulha no amor imenso de Deus e abre o coração à promessa e à experiência de uma vida nova! Com este primeiro sacramento, o (a) vosso (a) filho (a) será verdadeiramente acolhido (a) e reconhecido (a), como filho (a) de Deus, filho (a) muito querido (a) desta grande família, que é a Igreja de Jesus Cristo!

 

Mas esta Igreja só crescerá como “grande família”, se a vossa família se edificar como “pequenina Igreja”. É a partir da vossa família, que se construirá, todos os dias, e em primeiro lugar, a Igreja de Deus! Tal só será possível, na medida em que viverdes o vosso amor, como expressão do amor de Deus, de tal modo que as vossas palavras, silêncios e gestos falarão de Deus e deixarão Deus falar!

 

Pelo que o vosso pedido de Batismo só faz todo o sentido, porque corresponde a este desejo e a este compromisso: fazerdes da vossa família a primeira escola da fé e a primeira experiência de Igreja, qual pequenina comunidade reunida no amor de Deus Pai, fiel ao seguimento de Jesus Cristo, Seu Filho, e guiada pela luz e sabedoria do Espírito Santo, na comunhão com a Igreja.

 

Caríssimos pais: Que bom é podermos contar uns com os outros!

 

A Igreja conta muito convosco, com o vosso compromisso e testemunho de fé, de modo que não poderia batizar agora o (a) vosso (a) filho (a), sem a esperança fundada de que ele (a) será educado (a) na fé, através do vosso exemplo de oração, de celebração e de vida cristãs, na companhia da Igreja.

 

Neste caminho da fé, apenas iniciado com o Batismo, e que durará a vida inteira, a Igreja acolhe-vos, acompanha-vos, conforta-vos, alimenta-vos, guia-vos, através do anúncio da Palavra e da Catequese, através da celebração dos sacramentos, sobretudo da Reconciliação e da Eucaristia, e no serviço humilde da caridade! Sozinhos, não seríeis jamais capazes de dar tudo o que o(a) vosso (a) filho (a) precisa, para crescer à imagem de Jesus, em santidade e em graça. Por isso, deveis e podeis contar sempre com a Igreja, como a Igreja sempre contará convosco.

 

Sobre o significado e as consequências do Batismo, para vós e para o(a) vosso (a) filho (a), teremos uma boa oportunidade de conversar, na próxima reunião, na qual deveis participar, vós e os padrinhos que escolhestes para o vosso filho, de acordo com as exigências da Igreja, para o exercício de tão exigente missão.

 

Até lá, um abraço fraterno e acolhedor de quem sempre vos espera, no coração de Cristo e da sua Igreja.

O Pároco

Pe. Amaro Gonçalo

 

ALGUNS SUBSÍDIOS PASTORAIS

 

Ficha de inscrição para o Batismo 2016-2017

 

Datas de Batismos e reuniões desde abril a setembro 2017 (cf. esquema abaixo)

 

Ritual do Batismo de várias crianças - uso paroquial

 

Ritual do Batismo - uso oficial

 

Folha instrutiva aos pais sobre o Batismo

 

Folha instrutiva aos padrinhos sobre o Batismo 

 

Esquema de reunião de preparação para o Batismo

 

REUNIÃO DE PREPARAÇÃO

DATA DA CELEBRAÇÃO

OBSERVAÇÕES

Sexta, 7 abril, 21h30

Domingo, 23 abril, 11h30

Oitava da Páscoa

Sábado, 29 abril 12h00

 

Sexta, 5 maio, 21h30

Orientador:
Diácono M. Figueiredo

Domingo, 7 maio, 10h30

Dia da Mãe  – Durante a Missa

Domingo, 14 de maio, 15h30

 

Sábado, 20 maio, 11h00

 

Domingo, 21 maio, 11h30

 

Domingo, 28 maio, 11h30

 

Sexta, 9 junho, 21h30

Orientador:
Diácono Espinha

Sábado, 10 junho, 10h30

Feriado nacional

Domingo, 11 junho, 10h00

09h00:
(Ritos pré-batismais de bebés)

Santíssima Trindade

Festa da Primeira Comunhão
e batismo de crianças catecúmenas

Domingo, 18 junho, 12h00

 

25 junho, 10h00

09h00
(Ritos pré-batismais de bebés)

 

Festa da Profissão de fé

Sexta, 30 de junho

Orientadores:
Fernando Magalhães
Diácono Espinha

Domingo, 9 julho, 11h30

 

Sexta, 14 julho, 15h30

(casamento às 15h00)

Domingo, 16 julho, 15h00

(casamento às 14h30)

Domingo, 30 julho, 11h30

 

Sábado, 29 julho, 16h30

Orientador:
P.e Gonçalo

Domingo, 13 agosto, 11h30

 

Terça, 15 agosto, 11h30

 

Sábado, 19 agosto, 12h00

(casamento às 11h30)

Sexta, 25 agosto, 11h00

(a confirmar)

Sábado, 26 agosto, 12h00

 

Sexta, 1 setembro, 21h30

Domingo, 3 setembro, 11h30

 

Sábado, 16 setembro, 12h30

(casamento às 12h00)

Domingo, 17 setembro, 12h30

 
 

Nota: Estas datas das celebrações são continuamente ajustadas às circunstâncias das famílias, que, muitas vezes, por causa da emigração, do horário de trabalho, das distâncias e mobilidade, não conseguem integrar-se na escala proposta.
Neste caso, devem pôr à consideração do pároco a proposta mais viável.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Top
Usamos cookies para garantir uma melhor navegação no site. Ao continuar a utilizar este site, está a dar o seu consentimento. Mais detalhes…