Movimento Esperança e Vida

Movimento Esperança e Vida: a alegria e a esperança da ressurreição!

 

“Às vezes, a vida familiar vê-se desafiada pela morte de um ente querido. Não podemos deixar de oferecer a luz da fé para acompanhar as famílias que sofrem em tais momentos. Abandonar uma família atribulada por uma morte  seria uma falta de misericórdia, seria perder uma oportunidade pastoral, e tal atitude pode fechar-nos as portas para qualquer eventual ação evangelizadora” (Papa Francisco, Amoris Laetitia, n.º 253).

“A viuvez é uma experiência particularmente difícil (...). Alguns, quando têm de viver esta experiência, mostram que sabem fazer convergir as   suas energias para uma dedicação ainda maior aos filhos e netos, encontrando nesta experiência de amor uma nova missão educativa. (...) Aqueles que já não podem contar com a presença de familiares a quem se dedicar e de quem receber carinho e proximidade, a comunidade cristã deve sustentá-los com particular atenção e disponibilidade, sobretudo se vivem em condições de indigência» (Ibidem, n.º 254).

 

O Movimento Esperança e Vida está vocacionado para o apoio a viúvas e a mulheres sós. Atualmente conta com 19 elementos.

 

1.Reuniões na segunda terça-feira de cada mês, às 15h00:

 

- Terça, 29 de novembro

- Terça, 27 de dezembro

- Terça, 10 de janeiro

- Terça, 14 de fevereiro

- Terça, 14 de março

- Terça, 18 de abril

- Terça, 09 de maio

- Terça, 13 de junho

 

2. Estrutura de cada encontro:

1.        Acolhimento: 10 min

2.       Oração inicial: 15 min

3.       Tema breve:

a)      Usar os 9 tópicos do Plano Diocesano de Pastoral: O centenário das aparições: fonte de inspiração e de renovação pastoral: 15 min

b)      Analisar questões I, II e IV do Instrumento de análise pastoral

c)      Estudar a Exortação “Amoris Laetitia”, n.s. 253-258

d)      Estudar o texto da Audiência do Papa, sobre o luto: 17.06.2015

4.      Partilha e diálogo: 20 min

5.       Lanche e convívio

 

II.Programa

 

§  Colaborar com setor sociocaritativo;

§  Participar na iniciativa “24 horas para o Senhor”: sábado, dia 25 de março, das 12h00 às 13h00;

§  Participar nos encontros vicariais: 21 novembro e 6 fevereiro;

§  Participar na oração comunitária do Rosário, terça-feira, dia 9 de maio, às 21h (alterar, neste dia, o horário do encontro mensal);

§  Responder às questões I, II e IV do Instrumento de análise da prática pastoral.

§  Participar no encontro do bispo com movimentos associados à pastoral familiar, quinta, 30 de março, 22h00.

 

Top
Usamos cookies para garantir uma melhor navegação no site. Ao continuar a utilizar este site, está a dar o seu consentimento. Mais detalhes…