Equipa Pastoral Familiar

I. Equipa Paroquial de Pastoral Familiar: a alegria do amor em família!

 

«A Igreja deve acompanhar, com atenção e solicitude, os seus filhos mais frágeis, marcados pelo amor ferido e extraviado, dando-lhes de novo confiança e esperança, como a luz do farol de um porto ou a luz de uma tocha acesa no meio do povo, para iluminar aqueles que perderam a rota ou estão no meio da tempestade» (Papa Francisco, Amoris Laetitia, 291).

 

1. Participar e animar encontros de preparação para o matrimónio (EPM)

  • Novembro (para os que casam até abril de 2017): sexta, 4, 21h00; sábado, 5, 21h30; sábado, 12, 21h30; domingo, 13, 15h30;
  • Abril (para os casam entre 1 de maio e 31 de julho): sexta, 21, 21h00; sábado, 22, 21h30; sábado, 29, 21h30; domingo, 30, 15h30;
  • Junho-julho (para os que casam entre 1 de agosto e final de novembro de 2017): sábado, 24 de junho, 21h00; domingo, 25 de junho, 15h30; sábado, 1 de julho, 21h30; domingo, 2 de julho, 15h30;

2. Dinamizar iniciativas da campanha do Advento-Natal;

3. Participar na organização do Café Concerto – A Hora do Teatro – a 26 de novembro, 21h30 e a 19 de março;

4. Participar e ajudar a participar em atividades na Diocese:

§  Dia 7 de dezembro - Vigília da Imaculada – Sé do Porto;

§  Dia 4 de fevereiro - 27.ª Jornada Diocesana da Família - Casa Diocesana de Vilar;

§  Dia 11 de junho: Dia Diocesano da Família (Gondomar);

1.        Participar em atividades de formação a nível vicarial: segunda-feira, 12 de dezembro, às 21h30, com Fernando Santos, e segunda-feira, 06 de fevereiro, às 21h30 com Assunção Cristas e Zita Seabra;

2.       Participar em iniciativas da Equipa Vicarial da Pastoral Familiar;

3.       Participar em atividades paroquiais: Iniciativa “24 Horas para o Senhor”, sábado, dia 25 de março, das 20h00 às 21h00 e na Procissão de Velas (24 de maio) e no Rosário da Cidade. E ainda, com a CSVP na organização de um debate sobre a eutanásia.

4.      Participar em alguns encontros com Sagradas Famílias e Oratórios do Imaculado Coração de Maria (cf. gráfico mais adiante).

 

Datas das reuniões

 

§  21 de setembro – 21h30: Assembleia Geral de colaboradores

§  11 de outubro – Sugestões para o ano pastoral

§  10 de novembro – Advento / Natal

§  17 de janeiro - Questões do Instrumento de análise pastoral (resposta às questões III, V e VI)

§  23 de fevereiro - Questões do Instrumento de Análise Pastoral (resposta às questões III, V e VI)

§  30 de março – Encontro do bispo com grupos associados à pastoral familiar

 

II. Sagradas Famílias e Apostolado do Oratório do Imaculado Coração de Maria: outra alegria em nossa casa!

 

“A oração em família é um meio privilegiado para exprimir e reforçar esta fé pascal. Podem-se encontrar alguns  minutos cada dia para estar unidos na presença do Senhor vivo, dizer-Lhe as coisas que os preocupam, rezar pelas  necessidades familiares, orar por alguém que está a atravessar um momento difícil, pedir-Lhe ajuda para amar, dar-Lhe graças pela vida e as coisas boas, suplicar à Virgem que os proteja com o seu manto de Mãe. Com palavras simples, este momento de oração pode fazer muito bem à família. As várias expressões da piedade popular são um tesouro de   espiritualidade para muitas famílias” (Papa Francisco, Amoris Laetitia, n.º 318).Promover “encontros de oração, leitura da Sagrada Escritura em família e em grupo” (Plano Diocesano de Pastoral, p. 51).

 

Potenciando as já criadas «igrejas domésticas» (oito núcleos), a partir das famílias, que já recebem os oratórios do Imaculado Coração de Maria e das Sagradas Famílias, atualmente num total de 217, os zeladores irão promover, sob orientação do pároco, dos diáconos, de catequistas, de casais, encontros nas respetivas zonas, e encontros em comum, na Igreja Paroquial. É entregue mensalmente, no formato da folha dominical, um esquema de oração, que os zeladores entregam às famílias. Os zeladores dos Oratórios e Sagradas Famílias devem participar, a 30 de março, no encontro do bispo com grupos associados à pastoral familiar.

 

Zonas

1.º Encontro local

2.º Encontro local

Rosário na Cidade

Sete Bicas

3.ª fase (30)

4 de novembro, 21h00

Fernando Santos

3 de março, 21h00

Pe Gonçalo

1 de maio, 21h00

Londres (15)

4 de novembro, 21h00

Estrela Costa

10 de março, 21h00

Pe Gonçalo

5 de maio, 21h00

Barranha

Sagrada Família e Oratório

(30)

13 de novembro, 16h00

Diácono Espinha

Rua das Andorinhas, n.º 9

12 de março, 16h

Pe Gonçalo

Rua das Andorinhas, n.º 9

31 de maio, 21h00

Sete Bicas – 1.ª fase

Sagrada Família (30)

e Oratório (30)

27 de novembro, 16h

Pe. Gonçalo

 

26 de março, 16h

Diác. Espinha

Rua das Andorinhas, n.º 9

11 de maio, 21h00

 

Árvore Grossa I (27)

20 de novembro, 16h

Diácono Figueiredo

26 de março, 16h

Luísa Claro

19 de maio, 21h00

Árvore Grossa II (25)

 

 

 

 

Equipa de Nossa Senhora 2: muros não, pontes sim! Cuidar da alegria do amor!

 

 “Reservar tempo, tempo de qualidade, que permita escutar, com paciência e atenção, até que o outro tenha  manifestado tudo o que precisava de comunicar. Isto requer a ascese de não começar a falar antes do momento   apropriado. Em vez de começar a dar opiniões ou conselhos, é preciso assegurar-se de ter escutado tudo o que o outro     tem necessidade de dizer. Isto implica fazer silêncio interior, para escutar sem ruídos no coração e na mente: despojar-se das pressas, pôr de lado as próprias necessidades e urgências, dar espaço” (Papa Francisco, Amoris Laetitia, 137).

 

1. Desafios

A Equipa de Nossa Senhora 2 tem como conselheiro espiritual o pároco, que, tomando a inspiração do Papa Francisco, desafia os casais a comprometerem-se mais ativamente na pastoral familiar, desenvolvendo o seu compromisso missionário, mediante a irradiação da vida familiar, o acolhimento e acompanhamento de casais mais jovens, antes e depois do Matrimónio, a proximidade às famílias feridas. Neste espírito deverão:

 

§  Participar na organização do Café Concerto – A Hora do Teatro – 26 de novembro, 21h30;

§  Participação nos encontros da Vigararia: segundas, 12 de dezembro e 6 de fevereiro, 21h30;

§  Participação na iniciativa “24 horas para o Senhor”: 25 de março, das 21h00 às 21h30 (Igreja Antiga);

§  Participação na Oração Comunitária do Rosário: segunda, 29 de maio, 21h00 (Igreja Antiga);

§  Participar no encontro internacional das ENS - Fátima, de 16 a 21 de julho (tudo incluído, cerca de 500 € por pessoa). Responder a questionário-sondagem até 21 de outubro;

§  Colaborar com a Equipa Paroquial da Pastoral Familiar de Nossa Senhora da Hora;

§  Participar, no dia 30 de março, no Encontro do bispo com grupos associados à pastoral familiar.

 

2. Reuniões mensais (seguir temas de estudo 2016/2017: “Muros não, pontes sim”):

 

DIA

MÊS

CASAL QUE RECEBE

CASAL ORIENTADOR

REUNIÃO

1

Novembro

Martins Soares

Ribeiro

2

3

Dezembro

Negrão

Martins

3

14

Janeiro

Teixeira

Negrão

4

4

Fevereiro

Pinto

Teixeira

5

4

Março

Ribeiro

Pinto

6

2

Abril

Participar na Visita Pastoral

6

Maio

Martins

Ribeiro

7

3

Junho

Negrão

Soares

8

8

Julho

Pe. Gonçalo

Balanço

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Top
Usamos cookies para garantir uma melhor navegação no site. Ao continuar a utilizar este site, está a dar o seu consentimento. Mais detalhes…