Grupo de Escuteiros - Agrupamento 521

Agrupamento 521 - CNE 2017/2018

 

“O amor move-nos. Move-nos e comove-nos, porque nos move a caminhar em comunidade. Move-nos e comove-nos, porque não basta o profissionalismo da ação social, mas é pedida a atenção do coração, que oferece aquele amor de que o ser humano sempre tem necessidade. “O programa do cristão é um coração que vê. Este coração vê onde há necessidade e age de acordo com isso” (DCE, 31b). O cristão é, por isso, uma pessoa conquistada pelo amor de Cristo e, movido por este amor - «caritas Christi urget nos» (2 Cor 5,14) - está aberto de modo profundo e concreto ao amor do próximo (DCE, 33)” (Plano Diocesano de Pastoral 2017/2018, p. 28).

 

I. Escuteiro em movimento, escuteiro a cem por cento

 

O Agrupamento 521 traduz o lema diocesano, no seu âmbito próprio e no contexto do centenário da paróquia neste mote: “Escuteiro em movimento, escuteiro a cem por cento”.

 

A referência ao Escuteiro “em movimento” sugere em primeiro lugar, que o escuteiro não está parado, está sempre em movimento de saída, ao encontro do outro, para o amar e servir; em segundo lugar, “em movimento” sugere que o Escuteiro não vive isolado, uma vez que está integrado num Corpo Nacional de Escutas e, portanto, faz parte de um “Movimento”, com carisma próprio, no campo da educação da fé das novas gerações.

 

É sua vocação ser um “Movimento” que põe a Paróquia “em movimento”.

 

No quadro do ano pastoral, centrado na caridade, a típica “boa ação diária do escuteiro” é um estímulo e um desafio. Espera-se que a própria vida do Agrupamento se torne laboratório de vida social.

 

O Agrupamento dinamiza, por regra, a missa vespertina, aos sábados, às 19h00. Os escuteiros que proclamam a Palavra de Deus, na Liturgia, deverão ter conhecimento prévio da escala e participar nas formações que se destinam aos leitores.

 

Colaboram na iniciativa “24 horas para o Senhor” (sábado, 10 de março, das 00h00 à 01h00) e na oração do Rosário (19 de maio, às 18h00). No âmbito do centenário da paróquia pede-se ao Agrupamento que prepare uma apresentação sobre a importância destes 18 anos, na história centenária da Paróquia.

 

II. Organização do Agrupamento

 

Secções 2017/2018

 

Alcateia - cerca de 34 Lobitos

Isabel Catalarrana (Chefe de Alcateia); Noélia Ramos (Ch. Adjunta); Álvaro Catalarrana; Zé Ramos

 

Expedição - 24 Exploradores

António Félix (Chefe de Unidade); Ilídio Pires (Ch. Adjunto); Ana Isabel Tavares (Ch. em formação); João Paulo Júnior (Ch. em formação); Rui Dias

 

Comunidade -33 Pioneiros

Luís Oliveira (Chefe de Unidade); Hélder Salvado (Ch. Adjunto); António Manuel Arouca; João Águas

 

Clã- 10 Caminheiros

Ana Raquel Gonçalves (Chefe de Unidade); Luísa Novais (Ch. Adjunta); Pedro Catalarrana

 

Nota:Com a saída da Chefe Paula, por motivos profissionais, o Chefe Hélder foi nomeado Chefe de Agrupamento Adjunto (cargo que era da Paula).

 

III. Atividades do Agrupamento

 

·         11 novembro: Jantar de Outono

·         25 novembro: Imposição de guias

·         07 janeiro: Almoço de Reis

·         24 fevereiro: Velada de Armas

·         25 fevereiro: Promessas

·         24 março: Ceia Judaica

·         28 abril: São Jorge (Atividade regional)

·         9 maio: Procissão de Velas

·         30 junho: Arraial dos santos populares

·         1 de julho: Dia da Comunidade

·         8 julho: Conselho de Agrupamento: eleições para a Chefia do Agrupamento

·         9 julho: Aniversário do Agrupamento

·         1 a 4 de agosto: ACAREG

·         8 e 9 de setembro: Acampamento de Agrupamento

 

IV. Nova sede

 

Importa referir que foi assinado, a 27 de setembro de 2017, o protocolo entre a Câmara Municipal de Matosinhos e a nossa Fábrica da Igreja Paroquial, para a comparticipação na construção da Sede de Escuteiros: a primeira verba de 50.000,00 € já foi aprovada em reunião camarária e será entregue em breve; e a 2.ª tranche de mais 100.000,00 € será entregue em 2018, mediante apresentação dos autos de medição. No âmbito do centenário é sugerida a colocação da 1.ª pedra da Sede dos Escuteiros, no dia 20 de janeiro. Foi criada, em tempos, uma Comissão de Sede que se mantém: Hélder, Álvaro e Félix.

 

Chefes de secção 2017/2018

 

Álvaro Fernando Campos Catalarrana
Ana Isabel Silva Tavares
Ana Raquel da Rocha Gonçalves
António Manuel de Menezes Guimarães Arouca
António Manuel Quintela Felix
Hélder António Figueiredo Salvado
Ilídio José Pires
Isabel Maria F. J. Tomé Campos Catalarrana
João Francisco da Conceição Oliveira Águas
João Paulo Teixeira Pinto Júnior
José Ramos
Luís Manuel da Silva Oliveira
Maria Luísa Tomé Novais Ribeiro
Noélia Ramos
Paula Cristina de Castro Moutinho Amorim Ferreira
Pedro Miguel Tomé Campos Catalarrana
Rui Costa Dias

Top
Usamos cookies para garantir uma melhor navegação no site. Ao continuar a utilizar este site, está a dar o seu consentimento. Mais detalhes…